Os primeiros passos para se tornar um importador

Classifique

                Para se tornar um importador com larga experiência e dominar o assunto importação, é necessário que você tenha uma boa diversidade de conhecimentos. Você não precisa ser uma super especialista em nenhum assunto específico mas, pelo contrário, é interessante que você tenha a capacidade de ter um bom entendimento de uma série de assuntos diferentes. Felizmente, muitos cursos já disponíveis hoje em dia, entre eles o importador 360, já possuem essa ótica de transmitir da maneira mais simples possível os conhecimentos necessários para que você se torne um grande importador.

importador 360

Não estou querendo com isso dizer que só com um grande conhecimento você conseguirá abrir o seu negócio de importação. Na verdade, hoje em dia, ter um negócio de importação de produtos do exterior para revenda por meio da Internet é um dos meios mais fáceis de iniciar o seu próprio negócio. Porém, como em qualquer outro cenário, se você pretende chegar ao topo você vai precisar se aprimorar constantemente. O melhor conselho que eu posso dar para alguém que esta começando a importar para revenda agora é que essa pessoa tome ação e comece logo a construir seu negócio de importação, mas ao mesmo tempo seja capaz de se aprimorar constantemente e aprender cada vez mais sobre o ramo da importação.

Para garantir uma evolução constante do seu negócio de importação, é importante seguir um método bem definido, como o ensinado no importador 360. O primeiro passo é escolher um bom produto para começar as suas vendas como importador. Geralmente  é um pouco chato escolher um produto logo de cara, quando você esta entusiasmado para começar logo, mas eu posso dizer que essa é uma parte extremamente importante e que terá um impacto enorme no seu negócio de importação, sendo muito inteligente que você dedique tempo adequado a achar um bom produto pelo qual as pessoas efetivamente estariam dispostas a pagar, novamente aqui um bom curso de importação pode lhe ajudar bastante com isso.

O segundo passo é encontrar um bom fornecedor para o produto ou produtos que você escolheu (eu recomendo começar com apenas um único tipo de produto e ir expandindo a partir daí, mas no final a escolha é sua). A escolha do fornecedor, quando você já não possui uma lista de confiança, é algo que dá um certo trabalho, mas que também é muito importante para o sucesso do negócio. Um fornecedor, para ser considerado um bom fornecedor, digno de se tornar um verdadeiro parceiro comercial, precisa possuir duas características. Uma é obviamente a sua capacidade de poder sempre fornecer um preço bastante atrativo. A segunda característica de um bom fornecedor é a sua confiança, e essa confiança é medida de duas formas.

A primeira se dá no sentido de ser um fornecedor sério e não estar ali apenas para aplicar golpes (Em um artigo futuro iremos falar melhor sobre como evitar fraudes ao escolher fornecedores). A segunda forma pela qual o fornecedor deve transmitir confiança, e que muitas pessoas não param para prestar a atenção, é no sentido de ser capaz de entregar produtos de qualidade e sempre na data especificada. Se o seu fornecedor não fornece os produtos na data certa, o seu negócio pode ficar malvisto entre os clientes, o que obviamente não é o que queremos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *